Home Macroeconomia

Categoria: Macroeconomia

Post
Analisando a identidade da renda nacional

Analisando a identidade da renda nacional

Vamos começar esse tópico de forma bastante direta olhando para a identidade contábil das contas nacionais: A identidade contábil pela ótica da despesa é medida por Y (PIB) como a somatória de C (consumo das famílias), I (formação bruta do capital fixo, ou investimento), G (consumo do governo), X (exportações) e M (importações). O subscrito...

Post
Shakespeare, Machado e Luís XVI: por que dar autonomia ao Banco Central?

Shakespeare, Machado e Luís XVI: por que dar autonomia ao Banco Central?

Texto escrito por Rafel Rosa e Lucas Favaro. William Shakespeare (1564-1616), embora, com todo o mérito, tenha sua obra citada por toda parte, bem como o alemão Johann von Goethe, fez críticas econômicas inexplicavelmente ignoradas pelas gerações que se seguiram. Em pesquisa realizada pelo professor Gustavo Franco, com o inestimável auxílio dos estudos do economista...

Post
Multiplicadores fiscais e neutralidade da dívida pública

Multiplicadores fiscais e neutralidade da dívida pública

Neste exercício, que considero uma continuação sobre a discussão promovida no post anterior sobre multiplicadores fiscais no meu blog, exploro a possibilidade de uma política fiscal expansionista que seja fiscalmente neutra. Em poucas palavras, considero qual seria o aumento de gasto público com determinada política específica cujo impulso ao crescimento seja suficiente para aumentar a arrecadação...

Post
De onde vem a ideia de um Banco Central independente operando sob o regime de meta de inflação?

De onde vem a ideia de um Banco Central independente operando sob o regime de meta de inflação?

Se você já assistiu algumas palestras do Ciro Gomes, certamente já o viu falando mal do regime de meta de inflação. Segundo o ex-candidato à presidência, não se pode tabelar uma variável macroeconômica desta forma. Na visão de Ciro, o BC teria que perseguir uma “meta de inflação a pleno emprego”, subordinando o cumprimento da meta...

Post
A relevância de Keynes hoje

A relevância de Keynes hoje

A grande discussão relevante a respeito de Keynes é sobre a rigidez de curto prazo dos salários. Se a moeda for totalmente neutra, os salários e preços precisam ser totalmente flexíveis no curto prazo. Isso é, ao mesmo tempo que o governo está expandindo a oferta de moeda, salários e preços se reajustam simultaneamente, gerando...

Post
Combater inflação é defender empregos

Combater inflação é defender empregos

Em economia, inflação é o aumento generalizado de preços que se caracteriza geralmente pelo aumento das reservas de moeda e a subsequente queda de poder aquisitivo da população. Os efeitos da inflação alta são perversos, tais como a desordem continuada do ambiente econômico e o baixo crescimento. O Brasil viveu períodos de hiperinflação entre meados...

Post
Por que o juro no Brasil é tão alto?

Por que o juro no Brasil é tão alto?

O juro brasileiro é um dos mais altos do planeta por causa de várias distorções que, somadas, constituem uma anomalia sem igual no restante do mundo — uma jabuticaba. Quais os motivos disso? Alguns serão elencados abaixo. 1) Nossa população poupa uma parcela muito pequena de sua renda. Tendo-se menos dinheiro para emprestar, eleva-se o...

Post
Política expansionista nem sempre deve ser utilizada quando se tem capacidade ociosa

Política expansionista nem sempre deve ser utilizada quando se tem capacidade ociosa

Parece existir, no debate econômico recente, uma ideia bastante difundida e completamente equivocada. Trata-se da noção de que, em um cenário de desemprego elevado, uma política monetária/fiscal expansionista necessariamente terá como resultado crescimento do produto real e não aumento da inflação. Tal conjectura se baseia na premissa de que o aumento do desemprego tem como...

Post
Como as expectativas de inflação afetam a inflação?

Como as expectativas de inflação afetam a inflação?

Para afetar variáveis como inflação e desvio de produto, o Banco Central não lida apenas com movimentos de oferta e demanda agregada, mas também com as expectativas dos agentes. As pessoas acham que a inflação vai aumentar ou diminuir? Qual diferença faz no resultado final? A variação das expectativas de inflação pressiona a inflação na...