Home Política econômica

Categoria: Política econômica

Post
A Nova Matriz Econômica e seus efeitos

A Nova Matriz Econômica e seus efeitos

De 15 em 15 anos, o Brasil esquece do que aconteceu nos últimos 15 anos. – Ivan Lessa. Há 14 anos, o mercado imobiliário americano entrou em colapso. No Brasil, em virtude desse evento e de crenças econômicas heterodoxas, foi tomado um conjunto de políticas que receberam o nome de Nova Matriz Econômica (NME), que...

Post
Livre comércio é sempre bom? O caso das economias externas de escala

Livre comércio é sempre bom? O caso das economias externas de escala

Recentemente, escrevi um artigo sobre os ganhos do comércio internacional. Enviei a primeira versão a alguns amigos. Retornaram-me com uma crítica provocativa. Fico grato. Afinal, posso, assim, escrever este artigo que compartilho com vocês. A crítica tem o seguinte encaminhamento: Imagine a fábula de a “A incrível máquina de prosperidade”. Depois, que, em vez de...

Post
Resenha do livro “Erros do Passado, Soluções para o Futuro”, de Affonso Celso Pastore

Resenha do livro “Erros do Passado, Soluções para o Futuro”, de Affonso Celso Pastore

Clique aqui para comprar o livro. . As ideias reunidas neste livro constituem, da perspectiva do público não especializado, não menos que uma indispensável contribuição ao debate econômico. Àqueles que buscam uma fonte segura em cima da qual possam debruçar os seus estudos, Pastore, de todas as referências de que se tem notícia neste país,...

Post
Auxílio Brasil e inflação — Análise de um choque de gasto em modelo macro estrutural

Auxílio Brasil e inflação — Análise de um choque de gasto em modelo macro estrutural

Estamos discutindo hoje qual o impacto do Auxílio Brasil de R$400 na inflação do ano que vem. Porém o debate no jornal é pouco rigoroso. Tem muita gente boa dizendo que o gasto será inflação na veia a ponto de acabar sendo pior em termos líquidos para os beneficiários. Vamos, no entanto, pensar no significado...

Post
Seria a inflação no Brasil uma barbeiragem de política monetária?

Seria a inflação no Brasil uma barbeiragem de política monetária?

Voltando para a linha da discussão de conjuntura, hoje resolvi escrever um pouco sobre a situação atípica da alta dos preços na economia brasileira. De onde ela veio, o que ela significa e o que podemos esperar para 2022. Neste artigo, apresento alguns posts que fundamentaram a visão de mercado da época, hoje conhecidamente equivocada,...

Post
Real e Selic — será que a moeda é fraca por falta de juros?

Real e Selic — será que a moeda é fraca por falta de juros?

Neste artigo, explorarei uma conhecida máxima de agentes de mercado, que afirmam que a taxa de câmbio brasileira depreciou demais nos últimos anos por causa da forte queda da taxa Selic. Vamos analisar a fundo a relação teórica e empírica entre essas duas variáveis. Na teoria, sabemos que as taxas de juros dos títulos públicos...

Post
Efeitos econômicos da abertura comercial

Efeitos econômicos da abertura comercial

Com o advento da crise de 2015-16 e o visível fracasso das políticas econômicas adotadas pelo governo Dilma, surgiu um inevitável debate sobre quais seriam as futuras diretrizes do país, e, com ele, felizmente, discussões sobre a abertura comercial também foram levantadas. Tendo isso em vista (e buscando inserir nesse debate os que estão ávidos...

Post
Fatos relevantes sobre a economia chinesa

Fatos relevantes sobre a economia chinesa

O desempenho da economia chinesa nas últimas décadas, independente da bagagem ideológica daquele que a analisou, é notável — isso é fato. Afinal, basta uma breve comparação da evolução do PIB chinês com o de países semelhantes — como os outros membros do BRICS — para perceber a discrepância. Entretanto, atribuir o bom desempenho da...

Post
Shakespeare, Machado e Luís XVI: por que dar autonomia ao Banco Central?

Shakespeare, Machado e Luís XVI: por que dar autonomia ao Banco Central?

Texto escrito por Rafel Rosa e Lucas Favaro. William Shakespeare (1564-1616), embora, com todo o mérito, tenha sua obra citada por toda parte, bem como o alemão Johann von Goethe, fez críticas econômicas inexplicavelmente ignoradas pelas gerações que se seguiram. Em pesquisa realizada pelo professor Gustavo Franco, com o inestimável auxílio dos estudos do economista...