Home Macroeconomia

Categoria: Macroeconomia

Post
Macroeconomia e expectativas – o porquê, o para quê e o como

Macroeconomia e expectativas – o porquê, o para quê e o como

Depois de um post relativamente longo sobre conjuntura, hoje resolvi voltar a discutir um pouco de teoria. O intuito do tópico de hoje é explicar a importância das expectativas na análise dos dados macroeconômicos, entendendo o porquê de certas variáveis se comportarem como se comportam a partir daquilo que as pessoas esperam para elas no...

Post
Seriam as expectativas de inflação do mercado racionais?

Seriam as expectativas de inflação do mercado racionais?

Recentemente, críticos têm levantado voz para dizer que as projeções de mercado para variáveis macroeconômicas não fazem sentido por possuírem um viés otimista. Há certo respaldo para se acreditar mais nisso hoje, uma vez que as projeções feitas no ano passado estão se provando bastante incorretas neste ano, dado que a inflação disparou e a...

Post
A solvência da dívida pública no Brasil – Por que o ajuste fiscal é necessário?

A solvência da dívida pública no Brasil – Por que o ajuste fiscal é necessário?

Neste texto pretendo falar brevemente sobre política fiscal e a solvência da dívida pública. É um exercício que gosto muito de fazer, pois recruta boa parte do meu lado financista, além do de economista. Inclusive acho esse exercício educativo para aqueles preocupados com a capacidade do governo de honrar seus compromissos, uma vez que os...

Post
Seria a inflação no Brasil uma barbeiragem de política monetária?

Seria a inflação no Brasil uma barbeiragem de política monetária?

Voltando para a linha da discussão de conjuntura, hoje resolvi escrever um pouco sobre a situação atípica da alta dos preços na economia brasileira. De onde ela veio, o que ela significa e o que podemos esperar para 2022. Neste artigo, apresento alguns posts que fundamentaram a visão de mercado da época, hoje conhecidamente equivocada,...

Post
Sistema de metas de inflação e independência do Banco Central – Um breve ensaio

Sistema de metas de inflação e independência do Banco Central – Um breve ensaio

O sistema de metas de inflação foi adotado pela autoridade monetária brasileira em 1999 no rastro da crise que culminou no abandono da sistemática de flutuação limitada da taxa de câmbio do real vis-à-vis às demais moedas, especialmente o dólar dos EUA. Nessa mesma ocasião, as metas de inflação também foram incorporadas aos compromissos assumidos...

Post
Analisando a identidade da renda nacional

Analisando a identidade da renda nacional

Vamos começar esse tópico de forma bastante direta olhando para a identidade contábil das contas nacionais: A identidade contábil pela ótica da despesa é medida por Y (PIB) como a somatória de C (consumo das famílias), I (formação bruta do capital fixo, ou investimento), G (consumo do governo), X (exportações) e M (importações). O subscrito...

Post
Brasil, setor externo, demanda doméstica e taxa de câmbio

Brasil, setor externo, demanda doméstica e taxa de câmbio

Neste texto pretendo explorar de forma relativamente aprofundada o setor externo brasileiro, discutindo os principais fatores que explicam o movimento da sua balança de bens e de serviços. Ao fim do texto, trarei uma das mais conhecidas formas de se medir uma ideia de câmbio de equilíbrio, que acredito ser a principal razão pela qual...

Post
Shakespeare, Machado e Luís XVI: por que dar autonomia ao Banco Central?

Shakespeare, Machado e Luís XVI: por que dar autonomia ao Banco Central?

Texto escrito por Rafel Rosa e Lucas Favaro. William Shakespeare (1564-1616), embora, com todo o mérito, tenha sua obra citada por toda parte, bem como o alemão Johann von Goethe, fez críticas econômicas inexplicavelmente ignoradas pelas gerações que se seguiram. Em pesquisa realizada pelo professor Gustavo Franco, com o inestimável auxílio dos estudos do economista...

Post
Multiplicadores fiscais e neutralidade da dívida pública

Multiplicadores fiscais e neutralidade da dívida pública

Neste exercício, que considero uma continuação sobre a discussão promovida no post anterior sobre multiplicadores fiscais no meu blog, exploro a possibilidade de uma política fiscal expansionista que seja fiscalmente neutra. Em poucas palavras, considero qual seria o aumento de gasto público com determinada política específica cujo impulso ao crescimento seja suficiente para aumentar a arrecadação...

Post
De onde vem a ideia de um Banco Central independente operando sob o regime de meta de inflação?

De onde vem a ideia de um Banco Central independente operando sob o regime de meta de inflação?

Se você já assistiu algumas palestras do Ciro Gomes, certamente já o viu falando mal do regime de meta de inflação. Segundo o ex-candidato à presidência, não se pode tabelar uma variável macroeconômica desta forma. Na visão de Ciro, o BC teria que perseguir uma “meta de inflação a pleno emprego”, subordinando o cumprimento da meta...