Home Gabriel Ferraz

Author: Gabriel Ferraz

Post
O problema da firma e a curva de oferta

O problema da firma e a curva de oferta

Texto escrito por Gabriel Ferraz e Rodrigo Plácido. Como já dito previamente em outro artigo, é essencial aos economistas um modelo de como os agentes tomam decisões. No texto anterior, vimos como os consumidores se comportam frente às suas preferências entre diversos bens, e assim derivamos de suas preferências subjetivas a curva de demanda, que...

Post
A economia dos fumantes

A economia dos fumantes

O problema das externalidades é que sua ocorrência gera uma falha de mercado, ou seja, faz com que o mercado falhe em alocar os recursos da maneira mais eficiente possível. Discutimos em um outro texto (que pode ser lido clicando aqui) sobre todos os problemas envolvidos nessa falha de mercado. Porém, como foi dito: “resolver...

Post
Bens públicos e a economia política de sua provisão

Bens públicos e a economia política de sua provisão

Muito se fala em discussões de política sobre os bens públicos. É lugar comum defender o provimento de um serviço público por parte do Estado porque tal bem seria um “bem público”. Argumenta-se que se deve prover mais educação e saúde porque estes são bens públicos. Mas será o caso? Afinal, em termos econômicos, o...

Post
Entenda o que são externalidades

Entenda o que são externalidades

O que são externalidades e quais seus tipos O mercado é a forma mais eficiente de alocar recursos e isso pode ser matematicamente demonstrado através dos teoremas de bem-estar. Mas antes que possamos prosseguir é preciso entender a intuição por trás dessa eficiência da economia. Dizemos que um mercado é eficiente quando o benefício marginal...

Post
Teoria da escolha e curva de demanda

Teoria da escolha e curva de demanda

A economia segundo a clássica definição de Robbins (1932)  é a ciência que estuda o comportamento humano como uma relação entre fins e meios escassos com usos alternativos. A escolha nada mais é do que uma consequência da escassez, que segundo Alchian e Allen (2018) significa que nossos desejos superam os meios disponíveis para satisfazê-los,...

Post
O problema da informação assimétrica – O que é seleção adversa e risco moral

O problema da informação assimétrica – O que é seleção adversa e risco moral

Muito já se criticou a economia pelo “irrealismo de suas hipóteses”, por exemplo no clássico modelo de competição perfeita, em que se pressupõe informação perfeita, atomicidade dos agentes, homogeneidade dos produtos e assim por diante. No presente procuro explicar uma das consequências de quando se relaxa uma das hipóteses ditas irrealistas: a hipótese de informação...

Post
O que são as vantagens comparativas?

O que são as vantagens comparativas?

Se você se interessa por economia, certamente já se perguntou sobre como funciona o comércio internacional. Ele gera eficiência? E em relação à distribuição de renda, quem são os ganhadores ou perdedores? O que define os fluxos de comércio? Visamos com esse artigo não responder todas essas perguntas, pois isso requer um curso de economia...

Post
O processo de mercado para a Escola Austríaca moderna

O processo de mercado para a Escola Austríaca moderna

A Escola Austríaca e o “Problema de Hayek” O processo de mercado é um enfoque teórico, quase que exclusivo da Escola Austríaca de economia, que traz consigo uma miríade de teorias que buscam, em essência, responder ao problema do conhecimento de Hayek. Mas o que é a Escola Austríaca? E o que é o problema...

Post
A economia mainstream na história do pensamento econômico

A economia mainstream na história do pensamento econômico

1. Introdução Se você já entrou em contato com economia já deve ter se deparado com os termos neoclássico, ortodoxo ou mainstream. Mas qual a diferença entre eles? Seriam eles equivalentes, só maneiras diferentes de identificar uma mesma coisa, ou teriam diferenças que podem até ser substanciais e que legitimem suas nomenclaturas diferenciadas? Defenderemos que...

Post
Quando o Estado deve intervir na economia?

Quando o Estado deve intervir na economia?

1. Introdução O debate de quando o Estado deve (ou pode) intervir na Economia é tão antigo quanto a própria Economia. É um debate que gera muitas paixões ideológicas por ambos os lados e que deve ser feito com muita cautela, rigor e baseado nas evidências. Pela complexidade da questão, torna-se um dever simplificá-la a...