Home Gabriel Ferraz

Author: Gabriel Ferraz

Post
A Curva de Kuznets

A Curva de Kuznets

“É preciso crescer o bolo para depois distribuí-lo.” – Antônio Delfim Netto O que é a Curva de Kuznets? A década de 60 foi um período turbulento para a história do Brasil. Nesse período, uma das frases que entrou para a história foi a célebre expressão acima proclamada pelo economista Antônio Delfim Netto. Por trás...

Post
Curva de Lorenz e outras representações de desigualdade

Curva de Lorenz e outras representações de desigualdade

Introdução Em um outro texto (que pode ser lido aqui) clareamos algumas confusões típicas que se encontram em discussões sobre desigualdade econômica e sua relação com a desigualdade de renda. Fazendo uma leitura próxima a de Ray (1998), iremos agora adentrar na discussão delicada de como medir a desigualdade. Quais são os critérios que gostaríamos...

Post
O modelo Novo Keynesiano básico

O modelo Novo Keynesiano básico

“O modelo DSGE é simplesmente um modelo dinâmico, essa é a parte D. Leva em conta o tempo. […] E estocástico [essa é a parte S] porque há coisas inesperadas […], há coisas que são difíceis de prever, então modelamos como coisas estocásticas; e, finalmente, temos o Equilíbrio Geral [GE], que é a última parte...

Post
Industrialização Substitutiva de Importações

Industrialização Substitutiva de Importações

Substituição de importação como forma de industrialização é um conceito de suma importância para entender a história econômica do Brasil. Mas a que isso diz respeito? Vamos inicialmente ver algumas definições e interpretações. O conceito básico aqui é o de Industrialização Substitutiva de Importações (ISI). A ISI pode ser definida, primeiro, como política ou estratégia...

Post
A Nova Economia Institucional e a Cliometria

A Nova Economia Institucional e a Cliometria

A popularização do livro “Por que as Nações Fracassam?” de Daron Acemoglu e James Robinson (2011) trouxe ao grande público a análise econômica institucional. Como consequência, frases como “as instituições são a causa fundamental do crescimento” e conceitos como instituições extrativistas e instituições inclusivas caíram no gosto do povo. Mas o que fundamenta essa análise?...

Post
A Teoria dos Ciclos Reais de Negócios

A Teoria dos Ciclos Reais de Negócios

O retorno do ciclo econômico na década de 1970, após quase uma década de expansão econômica, e as altas taxas de inflação que o acompanharam, foi um rude despertar para muitos economistas. Tornou-se cada vez mais evidente que o arcabouço keynesiano básico não era o veículo apropriado para entender o que acontece durante um ciclo...

Post
Sobre desigualdade econômica e desigualdade de renda

Sobre desigualdade econômica e desigualdade de renda

A desigualdade econômica é cada vez mais um assunto debatido pelo público, como ilustrado pelo movimento Occupy Wall Street decorrentes da crise de 2008. Mas também o é pelo público acadêmico, por exemplo com os trabalhos do economista Thomas Piketty. A primeira questão a se levantar quando se traz aos holofotes esse tópico é justamente...

Post
A função de produção familiar

A função de produção familiar

O primeiro contato com a microeconomia intermediária do graduando é simples e serve ao propósito de aprender o conteúdo do livro-texto, talvez até passar em uma prova como a ANPEC. Entretanto, essa exposição carece de profundidades do dia-a-dia incorporadas em modelos mais sofisticados, que são factíveis de serem aprendidos pelos alunos, mas cuja chance lhes...

Post
Inconsistência temporal – um exemplo

Inconsistência temporal – um exemplo

Quando tratamos de políticas macroeconômicas governamentais, os modelos econômicos supõem que o governo tem a capacidade de se comprometer com uma política (commitment). Assim, ao anunciar a política (e.g., imposto de renda), os agentes tomam suas decisões com base nela, e o governo enfim a implementa. Entretanto, se o Estado puder alterar a política uma...

Post
O modelo neoclássico de crescimento

O modelo neoclássico de crescimento

A teoria do crescimento na ciência econômica tem como ponto de referência o clássico artigo “A contribution to the theory of economic growth” do economista nobelista Robert Solow. O artigo busca tentar responder a simples, mas nem um pouco trivial, pergunta fundacional das ciências econômicas: quais são as causas da riqueza das nações? O economista,...

  • 1
  • 2
  • 5